fbpx

Analise os gastos da sua empresa para evitar desperdícios de capital.

Publicado por Joh Panichi em

O que move uma empresa? Os funcionários, certo? Certo, mas antes dos funcionários, o dinheiro, o Capital empresarial, afinal, é o dinheiro que paga os funcionários para que assim, os mesmos possam realizar seus serviços e movimentar a empresa, por isso neste artigo vamos te levar aos passos para Analise os gastos da sua empresa para evitar desperdícios de capital.

Um dado muito interessante e ao mesmo tempo preocupante é que quase 50% das empresas fecham após três anos. O motivo? Má gestão.

Quando o assunto é capital empresarial, temos que levar em consideração de que é o capital que faz a empresa trabalhar e está envolvido em tudo, desde um simples cafezinho aos pagamentos de funcionários, credores e tributos.

Portanto, é essencial que o capital da empresa seja bem controlado e destinado ao que realmente importa. 

Para isso, neste artigo a Capsexpress vai te ensinar a analisar os gastos da sua empresa para evitar o desperdício de capital, e assim, ter um melhor e excelente aproveitamento do capital da sua empresa e lucrar muito mais, sim, levar mais dinheiro para o seu bolso, afinal, é o objetivo do empresário, ou seja, seu objetivo.

Mas, saiba que:

Mas, saiba que apenas analisar não basta, é necessário colocar algumas ações em prática, e ao decorrer deste artigo você verá isto.

Como fazer a análise do capital da empresa?

A Análise deve começar a ser feita separando os gastos e para onde o dinheiro está indo, ou seja, gastos como energia elétrica, água, contratações, demissões, compras de materiais, pagamentos de funcionários, pagamentos de credores, pagamentos de dívidas (se houver), gastos com alimentação, entretenimento (se houver), eventos, e qualquer outro destino que o dinheiro vai além da sua conta bancária. 

Só assim você vai saber para onde o capital empresarial está indo e estará pronto para começar a cortar os gastos desnecessários.

Dito isso, seguimos.

Separe o que é essencial e o que não é 

É hora de separar o joio do trigo, aqui você vai separar o que realmente importa do que não importa. Mas atente-se, não estamos falando de cortar o café na garrafa que fica para os funcionários, nem da alimentação do horário de almoço no refeitório, estamos falando de compras de materiais em excesso, gastos com coisas pouco utilizadas, desperdícios de materiais, gastos excessivos com energia elétrica e água (note que aqui depende do tamanho da sua empresa e da necessidade que a empresa possui de utilizar estes recursos, o que deve ser feito é analisar e separar caso os gastos estejam acima do normal, ou seja, acima do necessário). 

Separado o que é essencial do que não é, é hora de começar a…

Cortar os gastos desnecessários 

Muita calma, cortar gastos desnecessários não significa acabar com tudo de uma vez, primeiro você deve reunir sua equipe, seus funcionários e explicar o motivo de cortar os gastos desnecessários. Aproveite e explique o que a empresa pode passar caso o que está sendo gasto de forma desnecessária continue sendo gasto, e aproveite também para orientá-los a economizar. 

Sim, orientá-los a economizar. Isso não significa fazer uma economia porca como não lavar as mãos para não gastar água, não acender as lâmpadas, não secar as mãos com a toalha de papel. Nada disso.

O que você deve fazer é orientá-los a economizar para utilizar somente o essencial. Abaixo listamos algumas economias para você orientar seus funcionários:

Economizar no papel 

Gastos com papel são terríveis, dependendo da empresa, são necessários pacotes e pacotes de papéis para a coisa andar, e em qualquer empresa, os gastos excessivos com papéis fazem uma grande diferença nas contas da empresa. 

Para orientar seus funcionários, peça-os para que utilizem somente a quantidade de papel necessário, para imprimir o necessário e manusear os papéis necessários, evitando assim desperdícios com os papéis, aqui estamos falando não só da questão monetária da sua empresa, mas também de uma questão ambiental.

Economizar na energia 

Uma coisa é o funcionário estar na correria e acabar esquecendo de colocar o celular para carregar, então, ele utiliza a tomada da empresa para colocar seu aparelho no carregador, outra coisa é o funcionário que sempre anda carregando o celular na empresa. Para isso não acontecer mais, oriente seus funcionários a não fazer isto, somente apenas em caso de necessidade.

Outro ponto que você pode abordar é a questão de lâmpadas acesas quando não há ninguém naquele ambiente. Isso inclusive é muito comum na hora do almoço, os funcionários de determinado setor saem para almoçar e deixam as lâmpadas acesas, trazendo assim mais gastos para a empresa na hora quem vem impresso no papel o valor da conta de energia, portanto, oriente seus funcionários a não deixarem as lâmpadas acesas quando ninguém estiver no ambiente.

Economia nos copos descartáveis 

Os copos descartáveis são essenciais para tomar água, café e outras bebidas na empresa, contudo, o que não deve ser feito é a má utilização dos copinhos de plástico. Não se pega um copo descartável, toma água, joga fora e em seguida pega outro copo descartável para tomar água novamente, para isso é necessário que se utilize o mesmo copo, evitando gastos para a empresa. 

Tenha um planejamento de compras

Ter um planejamento de compras para a empresa é fundamental, pois é com base neste planejamento que você vai comprar o que é essencial e em quantidades essenciais, sem gastar mais por aquilo que não será usado ou até mesmo desperdiçado. Também, atente-se aos fornecedores, não é para comprar suprimentos, equipamentos, produtos e outros de qualidade inferior, mas veja se os valores que seus fornecedores ou fornecedor estão te cobrando não está muito apertado para você, se possível, faça uma renegociação ou até mesmo busque novos fornecedores, mas óbvio que com a qualidade que você tem, não reduza na qualidade, isso só prejudica seu negócio. E também não deixe de fazer as compras na última hora, sempre faça com antecedência para não correr riscos e ter problemas, até mesmo problemas relacionados à logística.

Sempre analise os gastos da empresa (mesmo depois de cortar os gastos desnecessários) 

Sempre analise os gastos da empresa mesmo depois que cortar os gastos desnecessários, para assim estar no controle do capital e evitar desperdícios. 

Sempre identifique para onde o dinheiro está indo, o que eventualmente pode ser cortado, e no geral, para ter controle de todos os gastos e não fazer débitos a toa e muito menos levar o dinheiro para o ralo.

Conclusão do artigo

Analisar os gastos para evitar desperdício de capital é essencial para a saúde financeira da empresa estar em dia, afinal, é o dinheiro que move a empresa, tudo gira em torno do dinheiro, do capital. Fazer este tipo de análise é fundamental para a sua empresa sempre estar no positivo. Agora,s e sua empresa está no vermelho, confira este nosso artigo 13 passos para tirar empresa do vermelho.

Com a análise do capital empresarial você possui um maior controle da empresa e sabe para onde o dinheiro está indo, e mostramos isso neste artigo quando abordamos “Como fazer a análise do capital da empresa”, que é identificar todos os gastos.

Em seguida é preciso separar o que é essencial do que não é, apenas assim você terá todos os gastos supérfluos que sua empresa está gastando, mas preste atenção, se o seu gasto com a conta de energia (um exemplo) está muito alto, é necessário separar este ítem para orientar seus funcionários à este gasto elevado.

A análise é fundamental, mas colocar em prática algumas ações também é, portanto, não deixe de cortar gastos desnecessários e nem de orientar a sua equipe, os seus funcionários.

E o último assunto a ser abordado é “Tenha um planejamento de compras”. O planejamento de compras é importante para você comprar o que é essencial, não comprar em excesso e assim, evitar gastos supérfluos. Como estamos falando de análise, analise os valores que seus fornecedores te cobram, e caso esteja apertado, esteja prejudicando a saúde financeira da sua empresa, veja a possibilidade de uma renegociação de valores ou até mesmo busque novos fornecedores SEM perder a qualidade do seu negócio.

 Não reduza a qualidade porque vai impactar diretamente a sua empresa.

E um conselho (você não pediu, mas se servir, faça-o):

Se sua empresa tem dívidas, peça uma renegociação de dívidas. 

Sempre analise os gastos da sua empresa para evitar desperdício de capital, até mesmo depois que fizer a primeira análise. Isso é muito importante para sempre ter o controle financeiro da sua empresa nas suas mãos e sempre promover a melhor saúde financeira para a sua empresa.

Por fim, podemos concluir que a análise de capital é importante e é com ela que sua empresa não desperdiça capital e assim, evita problemas financeiros. Mas tenha em mente que arregaçar as mangas e colocar algumas ações em prática é fundamental.


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.